Vento Norte Paragliders

01.01.2015 | Sobrevoar & Sobre Voar

sobrevoar e sobre voar
 
Tudo aquilo que nos eleva, carrega junto uma série de coisas que não podem ser deixadas pra trás, talvez por isso muita gente escolha ficar inconsciente, vivendo apenas no conhecido e negando seu verdadeiro poder.
 
Pois bem, nós, que recebemos esse presente que é o voo livre, muitas vezes acreditamos ser verdadeiramente alados – ter o poder de voar.
 
De acordo com nosso professor Aurélio, o significado da palavra “voar” pode ser tanto “mover-se e manter-se no ar por meio de asas” quanto “elevar-se em pensamento, ter concepções sublimes”. Ou seja, é tudo uma coisa só. Podemos voar com os pés no chão, quando elevamos nossos pensamentos, da mesma maneira que podemos estar voando fisicamente, vários metros acima do chão, e ainda assim estar com os pensamentos lá em baixo.
 
Para nós, que já reivindicamos esse nosso poder/responsabilidade, há a necessidade de uma coisa completar a outra, de cumprirem sua natureza de ser uma só.
 
O voo não é completo e muito menos verdadeiro, se configurar-se apenas em manter-se no ar por meio de asas. Não será completo, se há a necessidade de decolar para o outro, e não para você mesmo. Não será completo se houver competição. Não será completo se não pudermos voar todos juntos, na mesma direção. E não será verdadeiro se nos tirar do foco principal de nossa existência, que é nosso caminho juntos em direção a quem somos verdadeiramente, ao amor.
 
Um grande poder traz uma grande responsabilidade.
 
Se nos chamamos de seres alados, que possamos sê-lo então, com todo o sentido dessa palavra, e com a dignidade e merecimento de podermos assim ser chamados. Que possamos buscar ser melhor, e que possamos ajudar o outro a se elevar com o mesmo propósito que há para nós mesmos, com paciência e compaixão para com aqueles que estão enroscando numa térmica mais abaixo de nós, e com humildade para admirar e aprender com aqueles que estão na base da nuvem...
 
Quanto mais crescemos, maiores se tornam os desafios. Quanto mais nos elevamos, maior fica o impacto – se cairmos.
 
Não basta querer voar, é preciso saber sobrevoar.
 
Bons voos a todos, em Terra e em Céu.

Texto de Águeda Pacheco.

 

Veja outros artigos para pensar e agir clicando na imagem abaixo.

o esporte não constroi o carater ele o revela

 

Veja mais: