Vento Norte Paragliders

12.06.2015 | Uma Relação de Harmonia com a Natureza

Aventura Responsa
 
Respeitar, preservar e proteger o cenário deslumbrante em que praticamos nosso esporte é dever de todo aventureiro. Quem cuida da natureza, preserva a vida! 
Assim como devemos saber quais são os regramentos para o convívio harmonioso.
 
Respeito
 
 
Mantenha as porteiras, cancelas e cercas fechadas! Na maioria das vezes utilizamos propriedades particulares, que permitiram o uso de sua terra para fins esportivos. A convivência pacífica permite que esta parceria perdure por muitos anos. Portanto, tendo encontrado uma porteira fechada, mantenha-a fechada. Uma porteira esquecida aberta possibilita a fuga de animais, podendo ocasionar um acidente de trânsito, a destruição de plantações, além é claro da perda financeira. 
 
Não cause danos em cercas, arames, porteiras e outros bens da propriedade alheia sem autorização prévia. Caso tenha causado um dano, seja responsável por ele, financeiramente e moralmente.
 
Não invada áreas particulares: O sítio e o entorno do Morro do Cal são áreas particulares, sendo o acesso permitido após a avaliação e autorização dos proprietários. Caso tenha subido para o cume do Morro pela trilha, retorne por ela, não invadindo as propriedades particulares das áreas, de maneira a manter uma relação de respeito, privacidade e harmonia com o ambiente e comunidade.
 

Não utilize estradas internas sem permissão, são particulares e por questões de preservação, segurança e manutenção não é permitido a subida para o cume com carros e nem a prática de motocross. 

Estacionamento Sítio Morro do Cal: Mantenha os carros no local destinado para estacionamento, não sendo permitidos zerinhos ou passeios pelo gramado de pouso, plantação e outros. Tenha atenção na aproximação dos parapentes, mantendo a velocidade baixa.

Obs: Durante os treinos no Aras Rio Verde, não deixe o carro bloqueando o acesso da estrada, estacione de forma a deixar espaço o suficiente para que outros carros e tratores do Aras circulem, mas também não danifique plantação para estacionar o carro.

Não circule pelas casas residenciais, e claro, muito menos entre nas casas, isso é invasão.

Acampamento
 

acampamento morro do cal

Evite acampar no cume do Morro do Cal, além dos riscos de raios (o que é comum, como pode ser constatado por suas antenas) essa ação retira a vegetação do seu topo, e principalmente, NÃO CRIE VALAS NO CUME!

Criar valas em cumes de Morros pode ter consequências graves. No Morro do Cal é ainda mais perigoso, pois essas valas além de retirar a vegetação podem ocasionar um acidente sério com os pilotos de parapente no momento da decolagem, e até mesmo com famílias que ali visitam.

Denuncie caso testemunhe esta ação!

O sítio do Morro do Cal possui espaço destinado para acampamentos, é só entrar em contato conosco pelo email: contato@voeventonorte.com.br, teremos grande satisfação em te atender.

Crianças
 

Mantenha as crianças em áreas seguras (bosque, margens do gramado de pouso, parquinho e lanchonete) evitando o gramado da área de pouso de parapente com o risco da criança correr na frente de um parapente que esta em procedimento final de pouso (momento de atenção e reta final) e ambos machucarem-se gravemente. Tenha em mente que o piloto de parapente nada poderá fazer para evitar esta colisão e se tentar fazer certamente irá machucar-se seriamente.

Recomendamos que os pilotos expliquem para seus filhos sobre esse risco ao mesmo tempo que zelam para que não aconteça, uma vez que é muito comum a criança atravessar o gramado correndo para ir ao encontro do pai ou da mãe que estão pousando e não observar o tráfego áereo.

O mesmo vale para o espaço de decolagem e com cuidado redobrado, uma vez que estamos no cume de um morro ou montanha.

Não permita suas crianças soltarem pipas quando a atividade de aproximação e pouso estiver ativa. Essa atividade pode ocasionar um incidente com o piloto.

Animais
 

Não alimente os animais sem o aval dos responsáveis!

No Morro do Cal seu animal de estimação é bem vindo, sendo necessário seguir as normativas abaixo para uma coexistência com respeito e harmoniosa.

  • Cuide do seu animalzinho na área de pouso: Esteja atento por onde ele anda e corre, mantendo a atenção na aproximação dos parapentes uma vez que se o cão invadir a linha final do pouso ele poderá se ferir e o piloto também.
  • Recolha os dejetos do seu bichinho! Crianças e pilotos utilizam o gramado e seria um desastre um piloto escorregar nas fezes de seu animalzinho no momento do pouso, assim como as crianças que brincam e deitam na grama.
  • O animal não deve oferecer riscos à segurança, ou seja se for bravo use equipamento de proteção, "focinheira" no animal, independentemente do tamanho, além de manter ele na guia, sendo medidas de segurança para os frequentadores do clube e para evitar confronto com os outros animais e até mesmo com as crianças. 
  • As raças com tendências ao comportamento intempestivo  (Rottweilers, Fila Brasileiro, PitBull, Doberman, Bull Terrier, Dog Argentino, American Sraffordshire Terrier, Tosa Inu, Sharpei, Chow Chow e outros) devem estar sempre acompanhadas por seus donos e nas guias afim de evitar impresvistos. Os cães docéis e que estão acostumados a conviverem soltos, com crianças e outros animais não são obrigados a utilizar guias e focinheiras, sendo o dono o responsável por qualquer imprevisto.
  • Todo o animal deverá encontrar-se em perfeito estado de sanidade e imunidade, compreendendo estar livre de infecções e doenças contagiosas de quaisquer natureza e com as vacinas em dia. Todo esse cuidado é para não contaminar os outros animais da fazenda e bichos de estimação.
  • Caso seu cão esteja latindo de maneira exagerada e continua por um longo período procure acalmar seu amiguinho para que ele não gere irritação.
Lixos
 

Não jogue absolutamente nada na natureza, nem restos de comidas.

Nem todo resto de comida é adubo. Restos de comida em zonas rurais atraem ratos, que por sua vez atraem cobras, que picam as vacas, carneiros, cavalos e que podem picar você e sua família. Além de atrair pragas no cultivo de algumas culturas. Em áreas de preservação ambiental, restos de comida impactam no equilíbrio, modificando o comportamento de determinadas espécies.

Leve sempre com você um saco plástico para acondicionar o seu lixo.
A grande maioria das rampas, pousos e locais de treinos não possui lixeiras, portanto você é o responsável por dar o destino correto ao seu lixo. Deixar para trás latas, plásticos, tampinhas e outros tipos de lixo, além de poluir, pode causar incidentes com animais curiosos (já vimos vacas comendo parapentes dando sopa no pouso).
 
Traga todo o seu lixo de volta com você 
Não deixe sua sacola com lixo no local, caso não haja serviço de coleta, nem enterre o seu lixo. Esta ação polui o lençol freático, podendo até mesmo atingir uma nascente ou córrego.
 
Evite Incêndios
Não jogue fósforo ou cigarro, não faça fogueiras ou queime lixo. Além de causar incêndios, esta ação pode modificar o solo no local fazendo com que determinadas espécies da flora nunca mais cresçam ali. Faça fogueiras apenas em locais autorizados e apropriados.
 
Conduta Geral
 
respeite a natureza preserve meio ambiente sustentabilidade proteja dia da arvore araucárias pássaros fauna flora bosques
 
Não retire frutas, plantas, pedras e etc sem necessidade.
Seja consciente, retire das árvores apenas o que for consumir na hora, sem desperdícios. Assim, além de você, outros aventureiros poderão desfrutar, e o mais importante, não retiramos desnecessariamente o alimento das diversas espécies da fauna da região. Cultive a harmonia! 
 
  • Amarás a natureza sobre todas as coisas;
  • Honrarás e preservarás o bom humor;
  • Estarás sempre pronto para colaborar;
  • Serás capaz de te adaptares aos imprevistos;
  • Não considerarás chuvas, atoleiros, pontes quebradas como imprevistos;
  • Não poluirás o meio ambiente;
  • Preservarás e Respeitarás a biodiversidade;
  • Não poluirás as nascentes, os leitos e as margens;
  • Não destruirás as matas;
  • Não degradarás o meio ambiente;
  • Compartilharás a sustentabilidade.
As fotos abaixo retratam um pouco do ambiente em que praticamos o esporte, registradas por Nicolle Muraro.

Veja mais: